Gotas de orvalho que alimentam a fé!

Deus prometeu perdão para seu arrependimento, mas não prometeu um amanhã para sua procrastinação.

(Agostinho)

As possibilidades da oração correm paralelas às promessas de Deus.

(John Boys)

Nos dias de prosperidade temos muitos refúgios aos quais recorrer; no dia da adversidade, somente a um.

(Horatius Bonar)

O Senhor não nos leva a águas profundas para nos afogar, mas para nos desenvolver.

(Irv Hedstrom)

Só na fornalha da aflição nós, cristãos, nos livramos das escórias às quais, em nossa insensatez, apegamo-nos tão ardentemente.

(David Kingdon)

Se qualquer coisa for a Palavra de Deus que não seja a Sagrada Escritura, não podemos ter certeza da Palavra de Deus. Se estivermos incertos da Palavra de Deus, o diabo será capaz de fazer para nós uma nova palavra, uma nova fé, uma nova igreja, um novo Deus —, de fato, fazer Deus de si mesmo —, como tem feito até agora. Porque esse é o fundamento do reino do anticristo. Se a Igreja e a fé cristã não contarem com a precisa Palavra de Deus como um alicerce firme, ninguém pode saber se tem fé, se está na Igreja de Cristo ou na sinagoga de Satanás.

(Thomas Cranmer)

O que sei é que algumas pessoas estão sempre estudando o significado do quarto dedo do pé direito de alguma besta da profecia, e nunca usaram os próprios pés para ir e levar homens a Cristo.

(Vance Havner)

Revisado por Francisco Nunes. Este artigo pode ser distribuído e usado livremente, desde que não haja alteração no texto, sejam mantidas as informações de autoria e de tradução e seja exclusivamente para uso gratuito. Preferencialmente, não o copie em seu sítio ou blog, mas coloque lá um link que aponte para o artigo.
Campos de Boaz: colheita do que Cristo, o Boaz celestial, espalhou em Seus campos é um projeto cristão voluntário sob direção de Francisco Nunes.
Licenciado sob a Licença Creative Commons Atribuição-Uso Não-Comercial-Vedada a Criação de Obras Derivadas 3.0 Brasil License.