“Salvação é1 do Senhor!” (Jn 2.9).

E se Deus exige que o pecador – morto em pecado – deva dar o primeiro passo, então, Ele requer exatamente aquilo que torna a salvação tão impossível sob o evangelho como sempre foi nos termos da lei, visto que o homem é incapaz de crer como é incapaz de obedecer, e ele é tão grandemente sem poder para vir a Cristo como é sem poder a fim de ir para o céu sem Cristo. O poder deve ser dado a ele pelo Espírito. O homem jaz morto no pecado; o Espírito deve vivificá-lo. O homem está de mãos e pés atados, acorrentado pela transgressão; o Espírito deve cortar suas amarras, e, então, ele vai saltar para a liberdade. Deus deve vir e tirar as barras de ferro de suas cadeias, e, então, o homem pode escapar; mas, a não ser que a primeira coisa seja feito para ele, ele deve perecer tão certamente sob o evangelho como teria perecido sob a lei.

Eu deixaria de pregar, se acreditasse que Deus, no tocante à salvação, exigisse o que quer que fosse do homem que Ele mesmo não houvesse se comprometido a suprir. Eu sou o mensageiro. Eu digo a você a mensagem do Mestre. Se você não gosta da mensagem, brigue com a Bíblia, não comigo. Pelo tempo que eu tiver a Escritura a meu lado, vou ousar e desafiar você a fazer qualquer coisa contra mim [com respeito a esse assunto]. A salvação é do Senhor. O Senhor tem de aplicá-la para fazer do relutante alguém disposto, para fazer do ímpio alguém piedoso e trazer o rebelde vil para os pés de Jesus, ou, então, a salvação nunca será realizada. Deixe uma coisa para o homem fazer, e você terá quebrado o elo da cadeia, a própria ligação que era essencialmente necessária para a integridade da mensagem da salvação. Tire o fato de que Deus começa a boa obra e que Ele nos envia o que os antigos teólogos chamavam de graça preventiva – tire isso, e você terá estragado toda a salvação, pois você acabou de tirar a pedra de esquina do arco, e ele desabou. Não há mais nada depois.

Nota

1Essa é a tradução da versão usada pelo autor, a King James. Em português, a ACF traz: “Do Senhor vem a salvação”. “Vem”, em itálico, indica que a palavra não está nos originais, assim como o “é” da KJ. A palavra é subentendida a partir do restante da frase. (N. do T.)


(Traduzido por Francisco Nunes de “Salvation is of the Lord!”. Este artigo pode ser distribuído e usado livremente, desde que não haja alteração no texto, sejam mantidas as informações de autoria e de tradução e seja exclusivamente para uso gratuito. Preferencialmente, não o copie em seu sítio ou blog, mas coloque lá um link que aponte para o artigo.)

Campos de Boaz: colheita do que Cristo, o Boaz celestial, espalhou em Seus campos é um projeto cristão voluntário sob direção de Francisco Nunes.
Licenciado sob a Licença Creative Commons Atribuição-Uso Não-Comercial-Vedada a Criação de Obras Derivadas 3.0 Brasil License.