Gotas de orvalho (88)

Quando você se encontrou desocupado, logo o Diabo bateu em sua porta e entrou. E, na realidade, isso não é de se estranhar: tudo no mundo ao nosso redor parece nos ensinar a mesma lição. É a água parada que se torna estagnada e impura: os riachos de água corrente estão sempre limpos. Se Continue lendo [...]

Consolo a uma mulher de luto (Jonathan Edwards)

O que você diz para uma mulher cujo único filho acaba de morrer? Nada, em primeiro lugar. Nós choramos com os que choram. Mas, se eles pedem conselhos, há uma coisa acima de tudo o que podemos fazer. Isto é o que Jonathan Edwards fez por seis páginas em uma carta de 1751 para Mary Pepperrell, Continue lendo [...]