Site icon Campos de Boaz

Gotas de orvalho (296)

1 min leitura

Devemos aprender a viver no lado celestial e olhar para as coisas do alto. Contemplar todas as coisas como Deus as vê, como Cristo as observa, vence o pecado, desafia Satanás, dissolve as perplexidades, eleva-nos acima das provações, separa-nos do mundo e vence o medo da morte.

(A. B. Simpson)

A natureza da salvação de Cristo é lamentavelmente deturpada pelo evangelista atual. Ele anuncia um Salvador do inferno em vez de um Salvador do pecado. E é por isso que tantos são fatalmente enganados, pois há multidões que desejam escapar do lago de fogo, mas não desejam ser libertadas de sua carnalidade e de seu mundanismo.

(A. W. Pink)

É por causa da conversa apressada e superficial sobre Deus que o senso de pecado é tão fraco e que nenhum motivo tem poder para ajudar o pecador a odiar o pecado e a fugir dele como deveria.

(A. W. Tozer)

Deus teve um Filho na Terra sem pecado, mas nunca um sem sofrimento.

(Agostinho)

O pecado para um crente é horrível, porque crucificou o Salvador; o crente vê em cada iniqüidade os cravos e a lança.

(Charles Spurgeon)

Oração que não resulta em conduta pura é uma ilusão. Perdemos todo o trabalho e a virtude de orar se isso não corrigir a conduta. É da própria natureza das coisas que devemos ou parar de orar ou parar a má conduta.

(E. M. Bounds)

Se dissermos que temos comunhão com Ele, e andarmos em trevas, mentimos e não praticamos a verdade.

(1Jo 1.6)

Sair da versão mobile