2 min leitura

O que é a igreja? A igreja é o lugar onde o nome do Senhor é colocado. Você lembra que o Senhor Jesus disse: “Onde dois ou três estiverem reunidos em meu nome, ali estou no meio deles?” (Mt 18.20). Essa é a explicação mais simples daquilo que a igreja é. A igreja é o lugar onde o nome do Senhor é o centro. Na igreja, as pessoas estão reunidas, mas não em seu próprio nome, nem em qualquer outro nome, senão no nome do Senhor Jesus. Isso é a igreja. Deus chamou pessoas de toda tribo, de toda língua, de todo povo e de toda nação e as colocou juntas no nome do Senhor Jesus. Nesse lugar você encontra a igreja.

O que significa “estar reunidos no nome do Senhor”? Isso quer dizer que essas pessoas tomam sobre si o nome do Senhor. Creio que a ilustração mais simples disso acha-se no casamento. Quando uma moça casa-se com um rapaz, ela toma sobre si o nome dele. Ela junta-se àquele homem e eles se tornam um só. Portanto, quando pessoas estão reunidas no nome do Senhor Jesus, isso significa que elas deixaram de lado o próprio nome, deixaram de lado a si próprias e se submeteram voluntariamente ao nome do Senhor. Elas tomam o nome do Senhor Jesus como seu próprio nome e permitem que Ele seja sua Cabeça. Essas pessoas permitem que o nome do Senhor seja colocado sobre elas, que Sua autoridade seja conhecida nelas, que Seu trono seja estabelecido nelas.

Irmãos, o trono de Deus não é estabelecido apenas no coração de cada um de nós, mas também no meio de Seu povo. Precisamos que esse trono onde Cristo se assenta seja estabelecido na vida de cada um de nós. Normalmente nós sentamos em nosso próprio trono e governamos nossa vida. Contudo, se pertencemos ao Senhor e sabemos o que significa a salvação, então, temos de descer de nosso próprio trono e entronizar a Cristo. Ele deve estar no trono de cada um de nós, pois somos chamados por Seu nome. Isso também é verdade no sentido corporativo. Quando o povo de Deus se reúne, o que ali se estabelece é o trono do Senhor Jesus. Sua autoridade é então conhecida. Não há autoridade senão a autoridade do Senhor Jesus, e isso é o que constitui a Igreja.

(Extraído do livro Havendo Deus Falado – volume 3, Edições Tesouro Aberto)

Campos de Boaz: colheita do que Cristo, o Boaz celestial, espalhou em Seus campos é um projeto cristão voluntário sob responsabilidade de Francisco Nunes.
Licenciado sob a Licença Creative Commons Atribuição-Uso Não-Comercial-Vedada a Criação de Obras Derivadas 3.0 Brasil License.