10 min leitura

Meu marido e eu estávamos certa vez com um grupo de jovens. Havia três deles sentados em frente a nós durante uma refeição: dois meninos e uma menina. Um cara era um nerd com óculos. O outro era um estudante de faculdade com o cabelo um pouco menos moderno e sem óculos. A menina estava, obviamente, com este. Mas, enquanto o nerd estava ocupado servindo a todos no refeitório, raspando os pratos e o lixo, o estudante universitário ficou bravo com a menina por causa de um pequeno acidente e derramou suco vermelho sobre a jaqueta de couro e a camisa branca dela. Ela pegou o cara errado, mas o suco não pareceu fazê-la mudar de ideia. É bom que ela tenha algum temor da relação continuar e, especialmente, de terminar em casamento.

Então, meninas cristãs jovens e solteiras, ouçam: escolher com quem você vai casar é importante. Você pode pensar que a forma como ele trata você hoje não é tão ruim. Mas não vai ficar melhor depois do casamento. Você pode pensar que ele vai mudar. É possível, mas a maioria dos homens não muda. Você pode pensar que será capaz de ministrar a ele e de ajudá-lo. Possivelmente, mas, se você não pode agora, não vai conseguir depois, e vai se colocar em risco. Um marido deve liderar e cuidar de você, não depender de seu conselho sobre questões básicas de personalidade ou de comportamento.

A menos que alguém casado seja muito franco com você, você não conseguirá entender o quanto o marido vai ter impacto sobre todos os aspectos de sua vida. Depois da salvação, não há outro evento de longo prazo que vá mudar tantas áreas de sua vida tão profundamente. Aqui estão apenas algumas das maneiras como o casamento afetará sua vida.

1. Ele terá impacto sobre você espiritualmente. Se o cara não é cristão, pare agora mesmo. Você não pode colocar sob o mesmo jugo uma alma redimida e uma não regenerada, mesmo que ele pareça estar aberto a mudanças. Cristo comprou você com um preço, e não é uma opção trair aquele sangue dando o coração a alguém que não conhece e ama seu Senhor. Se o fizer, isso vai paralisar seu desenvolvimento espiritual, abrir uma série de tentações, reprimir sua vida de oração, tornar difícil o congregar-se e causar enorme conflito parental, se vocês tiverem filhos.

Se o cara é crente, ele é um crente forte? Será que ele vai liderá-la em oração, leitura da Bíblia, culto familiar e público? Ou você terá de se virar sozinha? Será que ele vai fazer do crescimento espiritual uma prioridade ou deixar que outras coisas venham em primeiro lugar? Será que ele vai lhe perguntar como vai sua alma a fim de ajudá-la a crescer em santidade e amor a Cristo ou vai deixar isso para seu pastor? Será que ele vai conduzir as crianças nesse aspecto ou você é quem vai ter de encabeçar isso? Na reunião da igreja, ele vai ajudar as crianças a sentarem-se direitinho, a orar, a encontrar o hino, ou você vai ser a pessoa que vai chamar a atenção para o que está acontecendo ao lado dele e ajudar a família a manter-se unida? Muitas mulheres casaram com homens espiritualmente imaturos, pensando que isso não era um grande problema ou que o homem mudaria, e elas estavam erradas. Hoje, elas carregam as cicatrizes.

A saúde de sua eternidade1 está em jogo. Pense cuidadosamente.

2. Ele terá impacto sobre você emocionalmente. Ele é o cara que você pensa que vai encorajá-la, amá-la, ser gentil com você e tentar compreendê-la ou será que ele vai querer sair com os amigos quando você estiver tendo uma noite difícil? Será que ele vai ouvir quando você estiver lutando com alguma coisa ou vai estar preocupado com o vídeo game? Será que ele vai ficar irritado quando você chorar ou ele vai lhe trazer lenço de papel e lhe dar um abraço? Será que ele vai entender que você, provavelmente, é mais terna do que ele, mais sensível a questões e comentários, ou ele é sempre sendo rude com seus sentimentos? Uma mulher estava lutando para amamentar seu bebê, acreditando que isso era o melhor para ela, mas era muito difícil. Em vez de dar apoio e encorajar, o marido fazia sons de mugido quando via a esposa envolvida nisso. Nós temos de nos livrar do complexo de princesa, mas temos necessidades emocionais. Qualquer cara que é indiferente a seus sentimentos e sua autoestima é egoísta e deve ser deixado sozinho.

Tenha cuidado: um marido pode prejudicar ou favorecer a saúde emocional.

3. Ele terá impacto sobre você fisicamente. Ele é o cara que vai suprir suas necessidades básicas? Ele vai ser capaz de abrigar, vestir e alimentar você? Em certo momento de nosso casamento, eu estava preocupada, pois não havia oportunidade de emprego. Meu marido me garantiu que ele trabalharia no McDonalds, cavaria valas, limparia cenas de atropelamento: o que fosse necessário para sustentar a família, independentemente de seus dons e treinamento. Esse é o tipo de atitude que você deseja. Um homem que não cuida da própria casa é pior do que o infiel (1Tm 5.8). Você pode ter de ajudar a aliviar o peso financeiro, mas, a menos que seu marido seja incapaz ou haja outra circunstância incomum, você não deveria ter de carregá-lo.

Esse homem irá cuidar de seu corpo ou abusar dele? Se ele lhe dá beliscões, pontapés, etc, quando estão namorando, fuja. É quase garantido que ele vai abusar de você depois do casamento, e as estatísticas mostram que isso será especialmente verdadeiro quando você estiver grávida. Será que ele vai cuidar e proteger seu corpo ou vai feri-lo? Há mulheres em igrejas por todo país que pensaram não ser nada demais soquinhos ou tapinhas (amigáveis) do namorado, e agora estão encobrindo os hematomas causados pelo marido.

Esse homem vai ser cuidadoso sexualmente com você? Será que ele vai honrar o leito conjugal com fidelidade física e mental a você ou vai flertar, alimentar seu vício em pornografia ou até mesmo deixá-la por outra mulher? Nem sempre é possível prever essas questões, mas, se as sementes ou práticas já estão lá, cuidado. Recentemente, vi um casal recém-casado cujo marido estava flertando abertamente com outra mulher. A menos que algo drástico aconteça, aquele casamento está indo para o desastre.

Será que ele vai ser suave e gentil com você na cama? Uma colega de trabalho descrente de minha irmã certa vez disse a ela que, depois de seu primeiro encontro sexual, ela teve dificuldade para andar por alguns dias porque seu namorado havia sido muito rude. Em outras palavras, ele não era altruísta o suficiente para cuidar do corpo da mulher a quem dizia amar.

Cuidado! Seu corpo precisa de cuidado e proteção.

4. Ele terá impacto sobre você mentalmente. O homem no qual você está pensando será uma fonte de preocupação ou vai ajudá-la a lidar com suas próprias preocupações? Ele vai incentivar seu desenvolvimento intelectual ou vai negligenciar isso? Ele vai valorizar suas opiniões e ouvir o que você está pensando ou vai ignorar seus pensamentos? Ele vai ajudá-la a cuidar das pressões de modo que sua mente não seja sobrecarregada ou vai deixar você lutar sozinha com esses problemas? Ele vai cuidar de você e ser gentil se você estiver enfrentando tensão mental ou vai ignorá-la? Eu sei de uma mulher que podia lidar fisicamente muito bem com a gravidez e o parto, mas a depressão pós-parto cobrou um alto preço em sua mente. O marido não deu atenção a isso e continuou a ter filhos, até que a esposa acabou em um sanatório.

Você pode pensar que o lado intelectual ou mental de um casamento é pequeno. É maior do que você pensa. Considere isso com seriedade.

5. Ele terá impacto sobre você relacionalmente. Como está seu relacionamento com sua mãe? E com seu pai? Você os ama? E seu namorado? Avance dez anos. Você diz a seu marido que sua mãe está vindo para o fim de semana. Ele fica animado? Desapontado? Com raiva? Faz piadas maldosas com os amigos? Claro, o marido deve vir em primeiro lugar em sua prioridade de relacionamentos, já que ambos deixaram pai e mãe e se uniram um ao outro. Mas os pais ainda são uma parte importante. Quaisquer que sejam os sentimentos negativos que ele tenha em relação a seus pais agora, provavelmente serão ampliados depois do casamento. O casamento irá ou fortalecer ou prejudicar – até mesmo destruir – seu relacionamento com seus pais. As pessoas que a conhecem melhor e mais a amam agora podem ser cortadas de sua vida por um marido que as odeia.

O mesmo ocorre com irmãs e amigas. Elas serão bem-vindas, em horários razoáveis, em sua casa? Será que o cara a quem você escolheu vai incentivá-la a ter relacionamentos saudáveis com outras mulheres ou vai ficar com ciúmes de amizades bíblicas normais? Ele vai ajudá-la a orientar mulheres mais jovens e a ser grata quando mulheres mais velhas a orientarem ou vai menosprezar isso?

Não sacrifique muitos bons relacionamentos por causa de um cara que não valoriza as pessoas que amam você.

Então, o que seu namorado fará depois de pronunciar os votos? Porque essa é apenas uma amostra das maneiras pelas quais um marido pode abençoar ou amaldiçoar a esposa. Os efeitos são de longo alcance, de longa duração, tanto os maravilhosos como os difíceis. É verdade que não há homens perfeitos lá fora. Mas há caras muito bons. E é melhor estar solteira a vida toda do que se casar com alguém que vai tornar sua vida um fardo. O celibato pode ser uma boa escolha. O casamento com a pessoa errada é um pesadelo. Eu estava no estacionamento de uma igreja em que o pastor teve de chamar a polícia para proteger uma mulher do marido que estava tentando impedi-la de adorar e de estar com a família. Foi muito feio.

Não esteja tão desesperada para casar a ponto de fazer de seu casamento uma tristeza. Se você está em um casamento infeliz, existem maneiras de obter ajuda. Mas, se não é casada, não se coloque nessa situação. Não se case com alguém cuja liderança você não pode seguir. Não se case com alguém que não busque amar você como Cristo amou a igreja. Case com alguém que conhece e demonstra o amor de Cristo.

_____

1A autora não parece crer que se pode perder a salvação. Assim, essa frase faz pensar que, pelo fato de ser casada com um homem que não a ajuda espiritualmente, a mulher deixará de experimentar muitos benefícios espirituais aqui, o que lhe dará uma herança eterna menos rica.

 

(Autor: RVD. Traduzido por Francisco Nunes de It Matters Whom You Marry. Original aqui. O texto pode ser usado e distribuído livremente, desde que não seja alterado, com a indicação de autoria, fonte e tradução. Proibido seu uso com fins comerciais.)

Campos de Boaz: colheita do que Cristo, o Boaz celestial, espalhou em Seus campos é um projeto cristão voluntário sob responsabilidade de Francisco Nunes.
Licenciado sob a Licença Creative Commons Atribuição-Uso Não-Comercial-Vedada a Criação de Obras Derivadas 3.0 Brasil License.