1 min leitura

O cristão que parou de se arrepender parou de crescer.

(A. W. Pink)

A providência é mais sábia que tu, e tu podes confiar que ela ajusta todas as coisas para teu eterno bem melhor do que tu o farias, se isso fosse deixado a tua escolha.

(John Flavel)

As únicas obras de justiça que poderão me justificar são as obras de Cristo.

(R. C. Sproul)

Quando houve transações entre o Pai e o Filho, tu foste mencionado em particular: Deus, o Pai, deu-te pelo nome a Seu Filho.

(Jeremiah Burroughs)

Nós não podemos conhecer a Deus a menos que Ele se revele a nós.

(Martyn Lloyd-Jones)

O temor do homem armará laços, mas o que confia no Senhor será posto em alto retiro. […] Toda a Palavra de Deus é pura; escudo é para os que confiam Nele.

(Pv 29.25; 30.5)

Feliz é aquele que aprendeu a se aproximar de Deus com a oração do publicano: ‘Ó Deus, tem misericórdia de mim, pecador’ (Lc 18.13).

(J. C. Ryle)

O que o coração ama, a vontade escolhe e a mente justifica.

(Thomas Cranmer)

Traduzido por Francisco Nunes. Revisado por Francisco Nunes. Este artigo pode ser distribuído e usado livremente, desde que não haja alteração no texto, sejam mantidas as informações de autoria e de tradução e seja exclusivamente para uso gratuito. Preferencialmente, não o copie em seu sítio ou blog, mas coloque lá um link que aponte para o artigo. Ao compartilhar nossos artigos e/ou imagens, por favor, não os altere.
Campos de Boaz: colheita do que Cristo, o Boaz celestial, espalhou em Seus campos é um projeto cristão voluntário sob responsabilidade de Francisco Nunes.
Licenciado sob a Licença Creative Commons Atribuição-Uso Não-Comercial-Vedada a Criação de Obras Derivadas 3.0 Brasil License.