1 min leitura

Embora não tenha ficado surpreso com a primazia do amor no ensinamento do Novo Testamento, fui surpreendido pelas cerca de quarenta referências à humildade, tanto no uso da própria palavra quanto no conceito, e na óbvia importância dada a essa virtude tanto por Jesus quanto pelos apóstolos. No entanto, quão pouca atenção a maioria de nós dá a crescer em humildade. O traço oposto à humildade é, sem dúvida, o orgulho, e não há orgulho maior do que o da justiça própria, o sentir-nos bem com respeito a nossa aparência religiosa e olhar os outros com superioridade.

(Fonte; Tradução: Francisco Nunes)

Campos de Boaz: colheita do que Cristo, o Boaz celestial, espalhou em Seus campos é um projeto cristão voluntário sob responsabilidade de Francisco Nunes.
Licenciado sob a Licença Creative Commons Atribuição-Uso Não-Comercial-Vedada a Criação de Obras Derivadas 3.0 Brasil License.