Gotas de orvalho que alimentam a fé!

Não há nada mais poderoso que a oração perseverante – como a de Abraão pleiteando por Sodoma; como Jacó lutando no silêncio da noite; como Moisés permanecendo na brecha; como Ana, embriagada de tristeza; como Davi com o coração quebrantado pelo arrependimento e pela dor; como Jesus suando sangue. Acrescente a essa relação, a partir dos registros da história da Igreja, sua própria observação e experiência pessoal, e sempre haverá o custo da paixão até o sangue. Essa é a oração eficaz que transforma mortais comuns em homens de poder. Essa é a oração que traz o poder, que traz o fogo, que traz a chuva. Ela traz vida, ela traz a presença de Deus.

(Samuel Chadwick)

Deus lamenta de nós que depois de anos de escrita, utilizando montanhas de papéis e rios de tinta, esgotando pretensiosa terminologia sobre os maiores encontros de avivamentos na história, nós ainda enfrentamos rude corrupção em cada nação, assim como somos a Igreja que menos ora desde Pentecostes.

(Leonard Ravenhill)

Sucesso no casamento não é encontrar a pessoa certa, mas ser a pessoa certa no poder da Pessoa perfeita: Deus.

(John Piper)

Confessar que você estava equivocado ontem é tão-somente reconhecer que você está um pouco mais sábio hoje.

(Charles H. Spurgeon)

Quando os homens começam a se queixar mais de seus pecados do que de suas aflições, começa a surgir alguma esperança para eles.

(Matthew Henry)

A falta de tranqüilidade é uma das grandes características do mundo. A pressa, o vexame, o fracasso e os desapontamentos nos confrontam por todos os lados. Mas há esperança. Existe uma arca de refúgio para o cansado, tal como houve para a pomba solta por Noé. Em Cristo encontramos descanso – descanso para a consciência e para o coração, descanso fundamentado no perdão de todo pecado, descanso que é resultado da paz com Deus.

(J. C. Ryle)

Se falássemos menos e orássemos mais a respeito de nossas circunstâncias, elas poderiam melhorar; no mínimo, estaríamos mais bem preparados para lidar com elas e suportá-las.

(John Owen)