1 min leitura

Porém, é só sobre a base da redenção que Deus habita com o homem. Deus não habitou com Adão, quando ele estava no seu estado de inocência, nem com Abraão, apesar de o ter visitado e comido com ele. Porém, quando Israel saiu do Egito, Deus disse que os tirava para Si Mesmo, e “habitarei no meio deles”. E o tabernáculo foi edificado, e nele estava a presença de Deus no meio do Seu povo.

Certamente, agora temos plena e verdadeira redenção e o Espírito Santo veio para habitar nos que crêem, para que eles pudessem ser a expressão daquilo que Cristo Mesmo foi quando aqui andou. “Qualquer que confessar que Jesus é o Filho de Deus, Deus está nele, e ele em Deus” (1 João 4:15), e “nisto conhecemos que estamos nele, e ele em nós, pois que nos deu do Seu Espírito” (1 João 4:13). Sempre que uma pessoa é realmente um cristão, Deus habita nele; não é meramente o caso de ter vida, mas de ter sido selado com o Espírito Santo, que é poder para toda a conduta moral. Se tão somente pudessemos crer que o Espírito de Deus habita em nós, que sujeição na haveria, e que espécie de pessoas seríamos, não entristecendo o Espírito!

_________________

Extraído do livro A fé que uma vez foi dada aos santos, de John Nelson Darby, publicado pelo Depósito de Literatura Cristã.

Campos de Boaz: colheita do que Cristo, o Boaz celestial, espalhou em Seus campos é um projeto cristão voluntário sob responsabilidade de Francisco Nunes.
Licenciado sob a Licença Creative Commons Atribuição-Uso Não-Comercial-Vedada a Criação de Obras Derivadas 3.0 Brasil License.