2 min leitura

Cristo, nosso exemplo

Apresentaremos, em primeiro lugar, sempre que houver, o preceito bíblico e, a seguir, o registro do cumprimento daquele preceito pelo Senhor Jesus. Ele, de fato, cumpriu toda a lei, todas as ordenanças de Deus, tudo o que o homem deveria, mas é incapaz de, cumprir para ser aceito por Deus.

Cristo é nosso exemplo em:

  1. Obediência aos pais (Ef 6.1; Lc 2.51)
  2. Obediência a Deus (1Pd 1.14; Jo 15.10)
  3. Fidelidade a Deus (Ap 2.10; 1Tm 6.13)
  4. Submissão a Deus e devoção à Sua vontade (Rm 12.2; Jo 12..27; Mt 26.39; Mc 14.36; Lc 22.42; Jo 18.11)
  5. Escolher o tempo de Deus para tudo (Lc 9.21; Jo 7.6)
  6. Oração, a expressão da dependência de Deus, e a fonte de força (1Ts 5.17; Lc 6.12; Mt 14.23; Mc 1.35)
  7. Ação de graças (1Ts 5.18; 1Tm 4.4; Mt 14.19; Mc 6.41; Lc 9.16; Jo 6.11)
  8. Regozijar-se em Deus (Fp 4.4; Lc 10.21)
  9. Confiança em Deus (2Co 5.8; Mt 8.24; Mc 4.38; Lc 8.23)
  10. Zelo pela casa de Deus (Mt 21.12; Mc 11.15; Lc 19.45; Jo 2.15)
  11. Buscar a glória de Deus (1Co 10.31; Jo 7.18)
  12. Ser guiado pela Palavra de Deus (2Tm 3.16; Mt 4.4; Lc 4.8; Mt 19.4; 15.3; Mc 7.8)
  13. Abandonar tudo por Deus (Fp 3.7; Mt 8.20; Lc 9.58; 21.37)
  14. Serviço a Deus, o alimento da alma (Jo 4.34)
  15. Zelo no serviço a Deus (2Tm 4.2; Lc 2.49; Mt 9.35; Mc 1.38; Lc 8.1)
  16. Ter em abençoar outros um objetivo na vida (2Co 12.15; Mt 18.11; 20.28; Mc 10.45)
  17. Fidelidade em reprovar o mal (Ef 5.11; Lv 19.17; Mt 23.13; Lc 11.43; Jo 4.18; 7.7)
  18. Sabedoria ao falar (Cl 4.6; Mt 22.15,46; Mc 11.27; 12.13; Lc 7.22; 10.26; 13.23; 20.3,21)
  19. Recusar o reconhecimento mundano (Gl 6.14; Jo 5.41; 6.15)
  20. Ter a obediência a Deus precedência sobre os laços naturais (Mt 8.22; Jo 2.3)
  21. Perseverança mesmo cansado no serviço a Deus (2Co 11.27; Jo 4.6)
  22. Graça ao lidar com os não-salvos (Pv 11.30; Mt 9.10; Mc 2.15; Lc 15.2; Jo 4.7)
  23. Respeito pela lei de Deus (Rm 7.12; Hb 7.12; Mt 8.4; Jo 2.23; 5.1)
  24. Sujeição aos poderes constituídos (1Pd 2.13; Mt 17.29; 22.21; Mc 12.17; Lc 20.25)
  25. Compaixão e simpatia (Rm 12.15; Mt 9.36; Mc 6.34; Lc 7.13; Jo 11.33)
  26. Amor (1Co 13; 1Jo 4.21; Jo 11.5; 13.1; 15.12)
  27. Paciência com a ignorância dos outros (1Ts 5.14; Mt 15.15-20; 16.9)
  28. Bondade (Cl 3.12; Mt 19.14; Mc 10.14; Lc 18.16)
  29. Mansidão (2Tm 2.24,25; Mt 26.27; Mc 14.15; 1Pd 2.23)
  30. Apreciação do bem nos outros (1Co 13.7; Mc 10.21; Jo 1.47)
  31. Encorajamento do tímido (Hb 12.12; Mc 6.50; Jo 6.20)
  32. Consideração pelos outros (Fp 2.4; Mt 14.16; Jo 6.5; 19.26,27)
  33. Oração pelos inimigos (Mt 5.44; Lc 23.34)
  34. Lentidão para imputar o mal (1Pd 4.8; Jo 8.11)
  35. Desejo pelo bem-estar espiritual dos outros (Gl 6.1; Jo 13.14)
  36. Alegria quando outros são usados no serviço de Deus (Fp 1.18; Mc 9.39)
  37. Cuidado para que nada seja desperdiçado (Jo 6.12)
  38. A verdade de Deus é a regra da doutrina (Gl 6.16; Jo 7.16)
  39. Santidade (1Pd 1.16; 2.22)
Traduzido por Francisco Nunes de autor desconhecido. Revisado por Francisco Nunes. Este artigo pode ser distribuído e usado livremente, desde que não haja alteração no texto, sejam mantidas as informações de autoria e de tradução e seja exclusivamente para uso gratuito. Preferencialmente, não o copie em seu sítio ou blog, mas coloque lá um link que aponte para o artigo. Ao compartilhar nossos artigos e/ou imagens, por favor, não os altere.
Campos de Boaz: colheita do que Cristo, o Boaz celestial, espalhou em Seus campos é um projeto cristão voluntário sob responsabilidade de Francisco Nunes.
Licenciado sob a Licença Creative Commons Atribuição-Uso Não-Comercial-Vedada a Criação de Obras Derivadas 3.0 Brasil License.