Orvalho do céu para os que buscam o Senhor!

Não há um minuto de tempo em toda a nossa vida em que não devamos estar perto de Deus. Ou isso ou estaremos arruinados.

(Richard Sibbes)

Embora a alma piedosa sempre deseje mais de Deus, ela nunca deseja mais do que Deus.

(Matthew Henry)

O grau de plenitude em qualquer ser concorda perfeitamente com a intensidade do verdadeiro desejo. Temos tanto de Deus quanto, na verdade, gostaríamos de ter.

(A. W. Tozer)

Se é a Deus que você está buscando em sua adoração, você não ficará satisfeito sem Deus.

(Richard Baxter)

Será que um homem que ama seu Senhor estaria disposto a ver Jesus vestindo uma coroa de espinhos, enquanto ele mesmo almeja uma coroa de louros? Haveria Jesus de ascender ao trono por meio da cruz, enquanto nós esperamos ser conduzidos para lá nos ombros das multidões, em meio a aplausos? Não seja tão fútil em sua imaginação. Avalie o preço e, se você não estiver disposto a carregar a cruz de Cristo, volte à sua fazenda ou a seu negócio e tire deles o máximo que puder, mas permita-me sussurrar em seus ouvidos: “Que aproveita ao homem ganhar o mundo inteiro e perder a sua alma?”

(C. H. Spurgeon)

Confie tudo à altíssima providência de Deus e não permita que nada repouse em seu coração nem entre ali, exceto unicamente Deus. Todas as coisas da terra são baixas e vis demais para ocupar seu amor ou seu cuidado, ou para inquietar seu nobre coração. Que os que pertencem ao mundo se preocupem, lamentem-se ou se alegrem com as coisas do mundo. Por tais pessoas Cristo não orou. Você não pode agradar ou servir a dois senhores ao mesmo tempo. Você não pode amar coisas diversas e contrárias; então, se quer saber o que você realmente ama, marque bem aquilo que predominantemente ocupa seu pensamento. Abandone a terra e tenha o céu; abandone o mundo e tenha Deus.

(Robert Leighton)

A busca de Deus é a busca da alegria. O encontro com Deus é a própria alegria.

(Agostinho)

Incendeie-se por Deus, e os homens virão ver você pegar fogo.

(John Wesley)

Revisado por Francisco Nunes. Este artigo pode ser distribuído e usado livremente, desde que não haja alteração no texto, sejam mantidas as informações de autoria e de tradução e seja exclusivamente para uso gratuito. Preferencialmente, não o copie em seu sítio ou blog, mas coloque lá um link que aponte para o artigo.
Campos de Boaz: colheita do que Cristo, o Boaz celestial, espalhou em Seus campos é um projeto cristão voluntário sob direção de Francisco Nunes.
Licenciado sob a Licença Creative Commons Atribuição-Uso Não-Comercial-Vedada a Criação de Obras Derivadas 3.0 Brasil License.