2 min leitura

A caminhada da fé é um milagre prolongado.

(Charles Spurgeon)

O objetivo de todos os deveres morais é agradar a Deus e fazer com que Sua glória avance.

(John Owen)

Meus sentimentos não são Deus. Deus é Deus. Meus sentimentos não definem a verdade. A Palavra de Deus define a verdade.

(John Piper)

Foi para salvar pecadores que Criso Jesus veio ao mundo. Ele não veio para ajudá-los a salvarem a si mesmos, nem para induzir a que se salvassem a si mesmos, nem mesmo para capacitá-los a salvarem a si mesmos. Ele veio para salvá-los!

(William Hendriksen)

Negar os decretos divinos seria pregar um mundo e todas as suas preocupações reguladas por acasos não planejados ou por destino cego. Então, que paz, que segurança, que conforto haveria para nossos pobres coração e mente? Que refúgio haveria para o qual fugir na hora da necessidade e da provação? Absolutamente nenhum. Não haveria nada melhor do que a escuridão negra e o horror abjeto do ateísmo.

(Arthur W. Pink)

Ah, pecador!, lembra-te disto: na Terra, não há nenhuma maneira de tu efetivamente te livrares da culpa, da sujeira e do poder do pecado, a não ser por creres no Salvador. Não é te determinares, não é reclamar, não é lamentar, mas é crer que te fará divinamente vitorioso sobre aquele corpo de pecado que até hoje é forte demais para ti, e que certamente será tua destruição, se for não destruído por uma mão de fé.

(Thomas Brooks)

Um cristão deve estudar seu dever em vez de seu perigo, e então deixar o cuidado de todos os eventos para Deus. O cristão está em um curso seguro quando está no caminho de Deus, e não deve ser interrompido enquanto não terminar seu trabalho.

(Thomas Manton)

A maior necessidade do homem […] é respondida apenas em um único lugar: na cruz do Senhor Jesus Cristo.

(Alistair Begg)

Traduzido por Francisco Nunes. Revisado por Francisco Nunes. Este artigo pode ser distribuído e usado livremente, desde que não haja alteração no texto, sejam mantidas as informações de autoria e de tradução e seja exclusivamente para uso gratuito. Preferencialmente, não o copie em seu sítio ou blog, mas coloque lá um link que aponte para o artigo. Ao compartilhar nossos artigos e/ou imagens, por favor, não os altere.
Campos de Boaz: colheita do que Cristo, o Boaz celestial, espalhou em Seus campos é um projeto cristão voluntário sob responsabilidade de Francisco Nunes.
Licenciado sob a Licença Creative Commons Atribuição-Uso Não-Comercial-Vedada a Criação de Obras Derivadas 3.0 Brasil License.