2 min leitura


Os poços na Bíblia

  1. O poço Beer-Laai-Rói (“poço do que vive e me vê”) (Gn 16.14)
  2. O poço revelado a Agar (Gn 21.19)
  3. O poço em Berseba (“poço do juramento sétuplo” ou “poço de um juramento”) (Gn 21.31)
  4. O poço em que o servo de Abraão encontrou Rebeca (Gn 24.11-20)
  5. Os poços cavados nos dias de Abraão, entulhados pelos filisteus e desentulhados por Isaque (Gn 26.18)
  6. Um poço de águas vivas, encontrado pelos servos de Isaque (Gn 26.19)
  7. O poço de Eseque (“contenda”) (Gn 26.20)
  8. O poço de Sitna (“disputa”) (Gn 26.21)
  9. O poço de Reobote (“lugares amplos” ou “ruas) (Gn 26.22)
  10. O poço cavado pelos servos de Isaque no lugar onde ele edificou um altar e armou sua tenda (Gn 26.25)
  11. O poço Seba (“um juramento” ou “sete”) (Gn 26.33)
  12. O poço em Harã onde Jacó encontrou Raquel (Gn 29.2-10)
  13. O poço em Midiã onde Moisés encontrou Zípora (Êx 2.15-21)
  14. O poço em Beer, usado por Deus para dar água ao povo, ao qual Israel cantou (Nm 21.16-18)
  15. O poço grande em Secu ao qual chegou Saul quando procurava Davi e Samuel (1Sm 19.22)
  16. O poço de Sirá, do qual Abner voltou para ser morto por Joabe (2Sm 3.26,27)
  17. O poço em uma casa em Baurim, onde se esconderam Jônatas e Aimaás (2Sm 17.17-21)
  18. O poço de Bete-Equede, próximo ao qual Jeú matou 42 irmãos de Acazias (2Rs 10.13.14)
  19. O poço de Belém (1Cr 11.17,18)
  20. Como figura da existência humana (Ec 12.6)
  21. Como figura da fidelidade da amada (Ct 4.15)
  22. Como figura da origem em Deus de Seu povo (Is 51.1)
  23. O poço que Ismael encheu de mortos (Jr 41.4-9)
  24. O poço de Jacó (Jo 4.6)
  25. O poço de águas vivas (Jo 4.14)
  26. O poço do abismo (Ap 9.1,2)
Fonte: Adaptado e ampliado por Francisco Nunes de um texto de A. Doolan. O significado dos nomes foi extraído de Strong’s Hebrew and Greek Dictionaries e de Brown-Driver-Briggs’ Hebrew Definitons. Revisado por Francisco Nunes. Este artigo pode ser distribuído e usado livremente, desde que não haja alteração no texto, sejam mantidas as informações de autoria e de tradução e seja exclusivamente para uso gratuito. Preferencialmente, não o copie em seu sítio ou blog, mas coloque lá um link que aponte para o artigo. Ao compartilhar nossos artigos e/ou imagens, por favor, não os altere.
Campos de Boaz: colheita do que Cristo, o Boaz celestial, espalhou em Seus campos é um projeto cristão voluntário sob responsabilidade de Francisco Nunes.
Licenciado sob a Licença Creative Commons Atribuição-Uso Não-Comercial-Vedada a Criação de Obras Derivadas 3.0 Brasil License.