5 min leitura


Não há dúvida de que 2021 foi um ano incomum. Mas o povo de Deus sabe que Ele governou absolutamente sobre tudo e sobre todos. Nada fugiu-Lhe ao controle, nenhuma perversidade Lhe foi desconhecida, nenhuma ação humana conseguiu frustrar Seu amoroso e sábio propósito. Como estabelecido por Deus, tudo se encaminha para o glorioso dia da volta de nosso Senhor Jesus Cristo em glória! Estamos um pouco mais próximos desse maravilhoso dia! Maranata!

Enquanto nosso Senhor não volta, continuamos como peregrinos e forasteiros neste mundo (que nos odeia), carentes do alimento divino para cada passo. E um novo ano é um bom momento para (re)começarmos a leitura da Bíblia. Cada dia mais, a vida moderna torna as disciplinas espirituais – comunhão com o Senhor, oração, leitura devocional e estudo das Escrituras, meditação, etc. – um imenso desafio. Todas essas atividades vitais demandam tremendo esforço, organização e sacrifício para que as pratiquemos com regularidade, com profundidade, com paz, com realidade. com proveito genuíno. Muita coisa rouba nosso tempo, nossa energia, nosso amor, nosso interesse. Mas devemos insistir, pedindo a graça e o poder do Senhor. Não há outro meio de sermos cristãos maduros e bem firmados na verdade sem um contato constante, sério, profundo e intencional com o Livro Antigo, com Deus falando conosco.

Para ajudar os leitores nessa tarefa tão vital, indicamos alguns planos de leitura da Bíblia. Escolha o que for mais adequado a você e use-o com dedicação, diariamente.

Planos de leitura da Bíblia

Abaixo, apresentamos de modo sucinto cada um dos planos sugeridos. Para baixá-lo, basta clicar no nome (o arquivo será aberto em uma nova janela do navegador).

  1. O plano cronológico sugere a leitura dos livros da Bíblia, não na ordem em que se encontram, mas aproximadamente pela sequência dos fatos registrados. Bom para ter-se uma idéia mais histórica do relato bíblico.
  2. O calendário McCheyne apresenta o plano de leitura idealizado por Robert McCheyne, no qual há uma leitura individual e uma leitura em família. Nesse plano, o Antigo Testamento será lido uma vez e o Novo Testamento e Salmos serão lidos duas vezes.
  3. Há o plano McCheyne adaptado, que exclui uma das leituras diárias do Novo Testamento do plano anterior, e uma versão dele feita para ser impressa em frente e verso e ser colocada dentro da Bíblia.
  4. Há um plano para ler a Bíblia toda em três meses e um para ler apenas o Novo Testamento, Salmos e Provérbios. Há plano para novos convertidos e para crianças. Há três planos em que os livros da Bíblia são lidos de modo alternado ou misturados, com a leitura de três porções diárias (Plano 1, Plano 2, Plano 3). Há um plano que considera os meses tendo 25 dias, para que haja tempo para meditação e para repôr alguma leitura.
  5. Há dois planos em formato de planilha (Planilha 1 e Planilha 2), para uso no computador, que permitem acompanhar o progresso (é preciso habilitar as macros).
  6. Há duas versões (elas só têm diferenças na apresentação visual) para a leitura de capa a capa, de Gênesis 1 a Apocalipse 22: Capa 1 e Capa 2.
  7. Criamos um plano de leitura anual do livro de Provérbios. Com ele, você lerá esse precioso livro doze vezes ao ano, uma vez por mês. Recomendamos seu uso ao lado de um plano de leitura de toda a Bíblia.
  8. Traduzimos o plano de Robert Roberts, no qual são lidas diariamente porções do Antigo e do Novo Testamentos, e, ao final de um ano, o Novo Testamento terá sido lido duas vezes. E preparamos uma versão adaptada desse plano, apenas para a leitura do Novo Testamento duas vezes no ano.
  9. Desenvolvemos também um plano de leitura de toda a Bíblia em seis meses; ou seja, para lê-la toda duas vezes ao ano.
  10. Por fim, há um quadro com todos os livros da Bíblia, com o número de capítulos de cada um, para que você marque seu progresso na leitura, seguindo o método que preferir. No início do arquivo, há algumas orientações sobre como ter mais proveito da leitura do Livro Antigo.

Independentemente do método escolhido, o fundamental é o contato diário com a Palavra de Deus. Para isso, com certeza será preciso (re)organizar a vida, estabelecer horários a fim de ser possível separar um tempo a cada dia para estar a sós com Deus e com Seu Livro.

Não há vida cristã sem a Palavra de Deus. Não há maturidade cristã sem contato constante e sério com a Sagrada Escritura. Não é possível conhecer de fato a Deus à parte da Santa Palavra. Não é possível conhecer a vontade de Deus sem buscá-la no Livro Antigo. Não é possível viver de modo agradável a Deus sem submeter-se ao Sagrado Livro. Não é possível ter uma fé robusta sem alimentá-la com o Santo Texto. Ninguém se volta para Deus sem voltar-se para Sua Palavra. Ninguém ama a Deus sem amar Seu Livro.

Leia a Bíblia na presença do Senhor, na dependência de Seu Espírito, sob a operação da cruz, com santo temor, com coração humilde, com santa expectativa, com alegria, com amor, com desejo de que Deus fale por meio dela. Devemos recordar do que disse B. B. Warfield:

A Bíblia é a Palavra de Deus de tal modo que, quando a Bíblia fala, Deus fala.

A equipe do Campos de Boaz deseja que o Senhor abençoe você a cada dia do novo ano por meio de Sua Palavra.

Divulgue também para outros irmãos.

Revisado por Francisco Nunes. Este artigo pode ser distribuído e usado livremente, desde que não haja alteração no texto, sejam mantidas as informações de autoria e de tradução e seja exclusivamente para uso gratuito. Preferencialmente, não o copie em seu sítio ou blog, mas coloque lá um link que aponte para o artigo. Ao compartilhar nossos artigos e/ou imagens, por favor, não os altere.
Campos de Boaz: colheita do que Cristo, o Boaz celestial, espalhou em Seus campos é um projeto cristão voluntário sob responsabilidade de Francisco Nunes.
Licenciado sob a Licença Creative Commons Atribuição-Uso Não-Comercial-Vedada a Criação de Obras Derivadas 3.0 Brasil License.