Gotas de orvalho (77)

Não há nada mais poderoso que a oração perseverante, como a de Abraão pleiteando por Sodoma; como Jacó lutando no silêncio da noite; como Moisés permanecendo na brecha; como Ana, embriagada de tristeza; como Davi, com o coração quebrantado pelo arrependimento e pela dor; como Jesus suando Continue lendo [...]

Gotas de orvalho (66)

O pequeno valor que damos a nossa oração torna-se evidente pelo tempo que dedicamos a ela. (E. M. Bounds) Orações frias sempre se congelam antes de alcançar o céu. (Thomas Brooks) O segredo de uma vida pura é ter pensamentos puros. (John Stott) A pobreza e a Continue lendo [...]

Gotas de orvalho (62)

Somos o que amamos, não o que sabemos. (Richard Sibbes) O amor cristão não é vítima de nossas emoções, mas servo de nossa vontade. (John Stott) Nunca é cedo para se arrepender, porque não se sabe quão depressa pode ser tarde demais. (Thomas Fuller) A idéia Continue lendo [...]

Gotas de orvalho (47)

O Senhor Jesus não teria sido um exemplo para nós se tivesse vencido o diabo em virtude de Seu poder divino; porém triunfou usando as mesmas armas que estão à disposição do homem: uma completa dependência de Deus, uma absoluta obediência a Sua Palavra e uma confiança inabalável em Sua promessa. (Jean Continue lendo [...]

Gotas de Orvalho (35)

Nada fecha a boca, cerra os lábios e amarra a língua como a pobreza de nossa própria experiência espiritual. Não damos testemunho pela simples razão de que não temos testemunho a dar. (John R. W. Stott) Nenhuma de nossas experiências, sob a mão de Deus, é acidental e sem propósito. Continue lendo [...]

Gotas de orvalho (25)

Eu preferiria ensinar um homem a orar do que dez homens a pregar. (Charles Spurgeon) Na oração, é melhor ter um coração sem palavras do que palavras sem um coração. (John Bunyan) Não há nada que diga a verdade a nosso respeito como cristãos tanto quanto nossa vida de oração. (Martyn Continue lendo [...]