Autores
Gotas de Orvalho (166)

Gotas de Orvalho (166)

Quanto mais o povo de Deus aprender a reconhecer a atuação do diabo para impedir as orações, maior a liberdade do Espírito que terá para resolver os problemas da vida. (F. J. Perryman) Parece que a Igreja parou num ponto qualquer entre o Calvário e o Pentecostes. (J. I. Brice) Reconhecemos o valor da oração...
A bênção de não se escandalizar

A bênção de não se escandalizar

(Há alguns anos, um servo de Deus muito usado deu uma série de mensagens que foram de grande ajuda para grande número de cristãos. Daquela série, selecionamos a seguinte mensagem, por crer que ela ajudará bastante a muitos neste momento.) “E bem-aventurado é aquele que não se escandalizar em Mim” (Mt 11.6). “Tenho-vos dito estas...
Gotas de Orvalho (165)

Gotas de Orvalho (165)

Cada vez que o pregador se levanta para proclamar as riquezas insondáveis de Cristo, existe forte possibilidade de que irá entregar a mensagem de Deus a alguma alma pela última vez aquém da eternidade. Como precisa ter a certeza de ser o homem de Deus com a mensagem de Deus! E isso será determinado em...
As lágrimas e a graça

As lágrimas e a graça

A meu amado Senhor, que não se poupou em Seu amor a um verme como eu. Não creio no falso evangelho, aquele que não me serve de espelho: que não dá nome a meus pecados, pelo qual os tolos são enganados; que promete vida fácil, sem dores, que promete felicidade sem cruz, que vende tantos...
Há uma diferença?

Há uma diferença?

“Mas entre todos os filhos de Israel nem mesmo um cão moverá a sua língua, desde os homens até aos animais, para que saibais que o Senhor fez diferença entre os egípcios e os israelitas” (Êx 11.7). O quê? Deus tem poder sobre a língua dos cães! Ele pode impedi-los de latir? Sim, é isso...
Gotas de Orvalho (164)

Gotas de Orvalho (164)

Se o próprio Cristo só iniciou Sua pregação depois de ter sido ungido, nenhum jovem deve pregar enquanto não tiver recebido a unção do Espírito Santo. (F. B. Meyer) Uma das maiores qualificações para sermos úteis no serviço do Senhor é um coração que verdadeiramente deseja Sua honra. (George Müller) Será que em nossos dias...
Gotas de Orvalho ― Arthur W. Pink (163)

Gotas de Orvalho ― Arthur W. Pink (163)

O mundano nunca chora em segredo sobre o esfriamento do coração ou por atos de incredulidade. Os “gemidos” ou os “suspiros” são a prova da vida espiritual, o caminhar atrás da santidade, a fome e sede de justiça. O verdadeiro amor é intensamente prático: não considera vil qualquer empreendimento, nem julga humilhante qualquer tarefa, sempre...
Gotas de Orvalho (162)

Gotas de Orvalho (162)

A Bíblia não é nada mais do que a voz Daquele que se assenta no trono. Cada livro, cada capítulo, cada sílaba, cada letra da Bíblia é um pronunciamento direto do Altíssimo. (John William Burgon) Há mistérios de graça e de amor em cada página da Bíblia. E próspera é a alma que vê no...
O vale de densas trevas

O vale de densas trevas

“Quem há entre vós que tema ao Senhor e ouça a voz do Seu servo? Quando andar em trevas, e não tiver luz nenhuma, confie no nome do Senhor, e firme-se sobre o seu Deus” (Is 50.10). Ouvir o Senhor, obedecer a Sua voz, e ainda andar nas trevas! Ou, colocado de outra maneira, andar...
Gotas de Orvalho (161)

Gotas de Orvalho (161)

O arrependimento também é um ato continuo durante a vida inteira. Crescerá continuamente. Eu creio que um cristão em seu leito de morte se arrependerá mais amargamente do que jamais fez. Arrepender-se é algo que se fará durante toda a vida. Pecar e arrepender-se, pecar e arrepender-se, resume a vida de um cristão. Arrepender-se e...
Gotas de Orvalho (160)

Gotas de Orvalho (160)

Ó Senhor, Teu desejo não é transformar o deserto, mas, sim, guardar nossos passos para que não nos desviemos do caminho que Teus próprios pés antes trilharam. (F. E. Bevan) Talvez seja maior o poder da Divina Providência que guarda o cristão dia a dia, ano após ano ― orando, cheio de esperança, correndo, crendo...
Um espírito perdoador

Um espírito perdoador

“Porque, se perdoardes aos homens as suas ofensas, também vosso Pai celestial vos perdoará a vós; se, porém, não perdoardes aos homens as suas ofensas, também vosso Pai vos não perdoará as vossas ofensas” (Mt 6.14,15). O Senhor não ficou satisfeito com este impressionante chamamento para a graça prática na oração prescrita a Seus discípulos:...