1 min leitura

Cedo pela manhã, o orvalho do céu!

A realidade final e o fato último de nossa situação total, à qual precisamos ser ajustados, é Deus. Esta, na verdade, seria a minha definição de Deus: Deus é Aquele a quem temos, por fim, de prestar contas, a realidade final a que temos de enfrentar e a Quem temos, em último caso, de considerar.

(John Baillie)

Você pode conhecer a Deus, mas não compreendê-Lo.

(Richard Baxter)

Tudo o que precisamos é conhecer mais e mais o Senhor Jesus. Tudo vai se tornando pequeno à medida que conhecemos Cristo. Tudo o que se restringe ao tempo e ao espaço se desvanecerá quando virmos Cristo e, em nosso íntimo, haverá algo que nos sustentará através das dificuldades e nos dias maus. Veremos a grandeza de Cristo e a grandeza de nossa salvação Nele “conforme Seu propósito eterno”.

(T. Austin-Sparks)

O Senhor dos Exércitos jurou, dizendo: “Como pensei, assim sucederá, e como determinei, assim se efetuará.” […] Porque o Senhor dos Exércitos o determinou; quem o invalidará? E a Sua mão está estendida; quem, pois, a fará voltar atrás?

(Isaías 14.24,27)

Deus sempre age como Ele mesmo: como Deus! Quando Ele mostra misericórdia, é como o Deus de toda a graça que é rico em misericórdia e ama com um grande amor. Da mesma forma, quando Ele executa ira e vingança, Ele desnuda Seu braço e golpeia como Deus!

(Ralph Venning)

Quanto mais afetados somos por nossa miséria pecaminosa, mais aptos somos para a maravilhosa misericórdia de Cristo.

(Thomas Manton)

Se esperarmos em Deus, não há perigo. Se nos apressarmos, Ele deve nos deixar ver as conseqüências disso.

(John Darby)

Revisado por Francisco Nunes. Este artigo pode ser distribuído e usado livremente, desde que não haja alteração no texto, sejam mantidas as informações de autoria e de tradução e seja exclusivamente para uso gratuito. Preferencialmente, não o copie em seu sítio ou blog, mas coloque lá um link que aponte para o artigo. Ao compartilhar nossos artigos e/ou imagens, por favor, não os altere.
Campos de Boaz: colheita do que Cristo, o Boaz celestial, espalhou em Seus campos é um projeto cristão voluntário sob responsabilidade de Francisco Nunes.
Licenciado sob a Licença Creative Commons Atribuição-Uso Não-Comercial-Vedada a Criação de Obras Derivadas 3.0 Brasil License.