2 min leitura

A maneira mais fácil de escapar dos sofrimentos é estar disposto a que eles durem o tempo que Deus quiser.

(John Wesley)

Ver Cristo como Ele é e ser como Ele! Vale a pena morrer por isso e vale a pena viver por isso!

(John Newton)

Minha convicção é que quanto mais a Bíblia é estudada, mais se encontra nela o que se estudar. Luz, força, alegria, ajuda, graça e bênção novas brotam dela!

(Frederick Marsh)

Cristão! Deus está próximo sempre que tu te aproximares Dele em oração. Oh, confortadora verdade! Tu tens um Deus pronto a ouvir o mais suave suspiro de oração, ouvir cada confissão de pecados, ouvir todos os gritos por aquilo de que tens necessidade, ouvir todas as expressões de tristeza, ouvir cada lamento de aflição, ouvir todo apelo por conselho, força e apoio!
Erga-te, ó minha alma! E entrega-te à oração, pois Deus está pronto a te ouvir e a responder a ti!

(Otávio Winslow)

Quando vejo
os Teus céus,
obra dos Teus dedos,
a Lua e as estrelas
que preparaste;
que é o homem mortal
para que Te lembres dele?

E o filho do homem,
para que o visites?

(Sl 8.3,4)

16 de abril de 1854.
Durante a semana passada, tive um dos ataques de asma mais graves que já experimentei. Quão doloroso é trabalhar e ofegar, como eu fazia. Quão diferentes as coisas passageiras se manifestam sob tais circunstâncias! Quão prontamente alguém se sente disposto a abrir as asas e voar para longe. Que eu viva diariamente sob a impressão que senti naquele momento.
Como desejo uma comunhão mais estreita com Deus, sentir mais do doce poder da piedade em meu coração, andar com Deus em confiança, depender Dele, depositar cada cuidado Nele, deixar tudo com Ele, almejar sempre e em tudo para glorificá-Lo, andar pelo mundo como alguém caminhando diretamente para o lar em Deus, para habitar com Ele e apreciá-Lo para sempre!
No entanto, sinto que preciso ser sustentado diariamente, tendo os olhos do Senhor constantemente sobre mim e Seus braços eternos sempre debaixo de mim!
“Sustenta-me, e serei salvo!” (Salmo 119.117).

(James Smith, de seu diário)

Ao pregar o evangelho a amigos e vizinhos, devemos sempre enfatizar a graça; caso contrário, podemos converter as pessoas a uma forma cristianizada de moralismo, a qual implica ser possível nos acertarmos com Deus por meio de nossas próprias obras. O Evangelho exige uma mudança de vida, mas essa mudança de vida é possibilitada pela graça e ocorre após a conversão. Se não estamos enfatizando a prioridade da graça, não somos melhores que os fariseus do primeiro século.

(R. C. Sproul)

Traduzido por Francisco Nunes. Revisado por Francisco Nunes. Este artigo pode ser distribuído e usado livremente, desde que não haja alteração no texto, sejam mantidas as informações de autoria e de tradução e seja exclusivamente para uso gratuito. Preferencialmente, não o copie em seu sítio ou blog, mas coloque lá um link que aponte para o artigo. Ao compartilhar nossos artigos e/ou imagens, por favor, não os altere.
Campos de Boaz: colheita do que Cristo, o Boaz celestial, espalhou em Seus campos é um projeto cristão voluntário sob responsabilidade de Francisco Nunes.
Licenciado sob a Licença Creative Commons Atribuição-Uso Não-Comercial-Vedada a Criação de Obras Derivadas 3.0 Brasil License.