1 min leitura

Hoje em dia, nada é mais necessário entre os pregadores do que termos a coragem de nos libertar das mil e uma trivialidades em que somos solicitados a desperdiçar nosso tempo e força, e retornar resolutamente ao ideal apostólico que tornava necessário o ofício do pastorado. Nós continuaremos firmemente na oração e no ministério da Palavra.

(G. Campbell Morgan)

Não é a boca que é a principal coisa a ser vista na oração, mas se o coração está tão cheio de afeto e sinceridade na oração com Deus que é impossível expressar seu senso e desejo; pois um homem deseja de fato quando seus desejos são tão fortes, muitos e poderosos, que todas as palavras, lágrimas e gemidos que podem vir do coração não podem expressá-los.

(John Bunyan)

Nossa vida está cheia da mídia que se destina à distração perpétua, com seus ruídos de fundo que abafam a clareza e a curiosidade provenientes do silêncio.

(David de Bruyn)

É conveniente que um pecador perdoado conheça a força do seu pecado, para que não o favoreça nem menospreze o perdão recebido.

(Richard Baxter)

Para sustentar a crença de que Deus não existe, o ateísmo deve demonstrar conhecimento infinito, o que equivale a dizer: “Eu tenho conhecimento infinito de que não existe um conhecimento infinito”.

(Ravi Zacharias)

Libertação do pecado é uma bênção muito maior do que libertação da aflição.

(Daniel Defoe)

Em Cristo, na cruz do Calvário, “a misericórdia e a verdade se encontraram, a justiça e a paz se beijaram”.

(Salmos 85.10)

Traduzido por Francisco Nunes. Revisado por Francisco Nunes. Este artigo pode ser distribuído e usado livremente, desde que não haja alteração no texto, sejam mantidas as informações de autoria e de tradução e seja exclusivamente para uso gratuito. Preferencialmente, não o copie em seu sítio ou blog, mas coloque lá um link que aponte para o artigo. Ao compartilhar nossos artigos e/ou imagens, por favor, não os altere.
Campos de Boaz: colheita do que Cristo, o Boaz celestial, espalhou em Seus campos é um projeto cristão voluntário sob responsabilidade de Francisco Nunes.
Licenciado sob a Licença Creative Commons Atribuição-Uso Não-Comercial-Vedada a Criação de Obras Derivadas 3.0 Brasil License.