2 min leitura

Damos graças ao Senhor por ter-nos conduzido nesses quase seis anos de publicação semanal da seção Gotas de orvalho. Essas pequenas preciosidades de fiéis servos de Deus servem-nos de alimento, consolo, encorajamento e alerta. E, como tem sido o tema das edições especiais, que elas nos despertem mais e mais para esperar e amar a vinda de nosso Senhor e nos auxiliem em nossa preparação para aquele glorioso dia! Adotamos nova identidade visual para a seção, a qual nos lembre que em breve o Dia raiará!

Publicado no Gotas de orvalho 1 (27.5.15)

Por que Gotas de orvalho?

Aquelas gotículas de água depositadas sobre a vegetação são para ela suprimento, alimento, garantia de vida. É o que esta nova seção, que será atualizada toda quarta-feira, se propõe ser: frases curtas de servos de Deus que sirvam de suprimento espiritual para os leitores. Não são frases de efeito, trocadilhos bobos, frases pensadas em laboratório para palestras ou livros de sucesso; não são frases vazias ou óbvias como as dos livros de auto-ajuda. Elas são um pouco da colheita do que esses homens aprenderam com Deus no caminho da cruz, da submissão, da obediência. Por isso, elas têm a aparência despojada de um lírio, mas são sustentadas por raízes profundas em Deus e em Sua Palavra.

Ó Senhor, Teu desejo não é transformar o deserto, mas, sim, guardar nossos passos para que não nos desviemos do caminho que Teus próprios pés antes trilharam.

(F. E. Bevan)

Publicado no Gotas de orvalho 100 (10.5.17)

Em todos os nossos pensamentos acerca de Cristo, nunca esqueçamos de Sua segunda vinda.

(J. C. Ryle)

Os pensamentos sobre vinda de Cristo são os mais doces e prazerosos para mim.

(Richard Baxter)

Estou diariamente esperando a vinda do Filho de Deus.

(George Whitefield)

Publicado no Gotas de orvalho 200 (10.4.19)

Nunca começo a trabalhar de manhã sem pensar que Cristo talvez venha interromper meu trabalho e começar o Dele. Não estou esperando a morte – estou esperando por Ele.

(G. Campbell Morgan)

Será que você pode dizer: “Estou aguardando Cristo”? […] Não pergunto a você se você entende a respeito da vinda do Senhor, [mas] será que você está verdadeiramente esperando pelo Filho de Deus vindo do céu? Você gostaria que Ele viesse hoje? […] O que você pensaria se soubesse que Ele vem hoje? Será que isso é exatamente o que sua alma está desejando?

(John Nelson Darby)

Em breve voltarás, Jesus, Senhor!
Que gozo, que prazer, nosso Senhor,
Teu rosto contemplar, ser como Tu, Senhor!
Contigo sempre estar, nosso Senhor!

(James George Deck)

Revisado por Francisco Nunes. Este artigo pode ser distribuído e usado livremente, desde que não haja alteração no texto, sejam mantidas as informações de autoria e de tradução e seja exclusivamente para uso gratuito. Preferencialmente, não o copie em seu sítio ou blog, mas coloque lá um link que aponte para o artigo. Ao compartilhar nossos artigos e/ou imagens, por favor, não os altere.
Campos de Boaz: colheita do que Cristo, o Boaz celestial, espalhou em Seus campos é um projeto cristão voluntário sob responsabilidade de Francisco Nunes.
Licenciado sob a Licença Creative Commons Atribuição-Uso Não-Comercial-Vedada a Criação de Obras Derivadas 3.0 Brasil License.