1 min leitura

Eu vi, com os olhos da minha alma,
Jesus Cristo à direita de Deus;
ali, afirmo, estava minha justiça.
Portanto, não importa o que eu fui,
o que estivesse fazendo,
Deus não podia dizer de mim:
“Falta-lhe a Minha justiça”,
Pois isto estava bem diante Dele…
Agora as minhas cadeias realmente
caíram de minhas pernas.
Fui liberto de minhas aflições e algemas.

Não por qualquer virtude, bondade, capacidade, pureza, santidade, justiça sua é que você é aceito por Deus, que suas orações são ouvidas por Ele, que Ele o livrou da condenação eterna — tudo isso lhe vem porque a justiça de Deus foi atendida pela morte de Cristo em seu lugar!
Portanto, alegre-se e, ousadamente, vá a Deus!

Fonte: Graça Abundante para o Principal dos Pecadores Revisado por Francisco Nunes. Este artigo pode ser distribuído e usado livremente, desde que não haja alteração no texto, sejam mantidas as informações de autoria e de tradução e seja exclusivamente para uso gratuito. Preferencialmente, não o copie em seu sítio ou blog, mas coloque lá um link que aponte para o artigo. Ao compartilhar nossos artigos e/ou imagens, por favor, não os altere.
Campos de Boaz: colheita do que Cristo, o Boaz celestial, espalhou em Seus campos é um projeto cristão voluntário sob responsabilidade de Francisco Nunes.
Licenciado sob a Licença Creative Commons Atribuição-Uso Não-Comercial-Vedada a Criação de Obras Derivadas 3.0 Brasil License.