“Oh, Deus! Grave a eternidade nos meus olhos!”

Mas, sabe, se Deus gravasse a eternidade ou o julgamento em nossos olhos ou, se você prefere, na tábua de carne dos nossos corações, estou convencido de que seríamos uma tribo de pessoas bem diferentes, pessoas de Deus no mundo de hoje. Nós vivemos muito no tempo, somos muito terrenos. Nós vemos como os outros homens vêem, nós pensamos como os outros homens pensam.

Nós investimos nosso tempo como o mundo o investe. Nós investimos nosso dinheiro…

Nós deveríamos ser uma raça de pessoas diferentes.

Eu creio que a Igreja de Jesus Cristo necessita de uma nova revelação da majestade de Deus, de que todos nós vamos comparecer um dia… você pode imaginar isso? … diante do Trono de Julgamento de Cristo para prestar contas pelas obras feitas no corpo.

Esse é quem? Esse é o Rei dos Reis e Ele é o Juiz dos Juízes e esse é o tribunal dos tribunais e não há corte de apelo depois disso.

O veredicto é final!

Ouça, quando você vir Jesus, você não vai levantar-se e dizer: “Ei, amiguinho. Estou feliz por você ter morrido por mim”, quando você ver Jesus, vai ficar quase paralisado de medo, a menos que você tenha um corpo glorificado e uma mente glorificada.

Você diz: “Bem, Sr. Ravenhill, eu não vou ter grandes problemas porque, sabe, eu não tenho uma boa memória.” Bem, eu lhe digo, naquele dia vai ter. Em Malaquias diz que Deus tem um livro memorial. E acho que lhe faria bem antes de ir para a cama toda noite nesta semana perguntar a Deus: “O quê você pôs em Seu livro hoje para minha vida?”

Você acordou nessa manhã e agradeceu a Deus por ser puro?

Você agradeceu a Ele pela febre diabólica que você tinha por cheirar cocaína ou drogas ou algo cujas algemas ele quebrou?

Você realmente está alegre por não ser mais uma prostituta, agora você vai fazer parte da noiva do cordeiro?

Você está alegre por Ele ter removido do seu coração a cobiça e o mau temperamento e todas essas coisas horríveis que costumavam dominar você?

O pensamento mais despedaçador que já tive é o de que vou responder pessoalmente a Deus algum dia. Nós não vamos ser julgados apenas pelas coisas que fizemos, vamos ser julgados pelo motivo por que as fizemos!

O quê motivou suas dádivas? Por quê? Qual é o motivo por trás disso? Ele não toma apenas seus pecados, Ele toma você mesmo, Ele toma o governo de sua vida.

E não é apenas verdade que vivemos em um mundo de políticos falidos, nós vivemos em um mundo, e isso é o mais trágico de tudo, de uma Igreja falida.

Quando, em nome de Deus, a Igreja vai abrir seu coração novamente e abrir sua mente novamente e ver novamente?

Deus pode perdoar qualquer pecado que eu tenha cometido? Eu digo, claro que pode. Ou seja, se você se arrepender de seu pecado e clamar pelo sangue de Cristo e pedir misericórdia.

Aquele Cristo suave que saiu fazendo o bem e beijando bebezinhos e abençoando as pessoas… Agora, ahh… Não há nada mais lindo do que um cordeirinho. Não há nada mais terrível do que a ira do Cordeiro!

Deus deve trazer cada obra ao julgamento, com cada coisa secreta. Os mortos, pequenos e grandes, vão comparecer diante de Deus naquele dia assustador!

Mas diga, estou apenas fazendo um espetáculo? Como é minha vida secreta? Porque Deus não nos deu apenas Jesus Cristo, Ele nos deu todas as coisas.

E, por não haver alegria suficiente na casa de Deus, precisamos de entretenimento! Porque o entretenimento é o substituto diabólico para a alegria.

Eu acho que, antes de apontarmos o dedo para o mundo, é melhor apontarmos para a Igreja e dizer: “Olha, é melhor nós arranjarmos roupas de saco e cinzas e nos humilharmos e dizer: ‘Deus Todo Poderoso!’”

Quando eu vejo a Igreja do Novo Testamento… eles não eram proprietários de prédios. Eles não tinham evangelistas pagos. Eles não tinham montes de dinheiro. Eles não tinham uma organização. Não podiam ir à TV pedir. Mas eu digo o que eles fizeram: Eles viraram o mundo de cabeça para baixo! E estou envergonhado por ser parte da Igreja de Jesus de hoje porque acredito que é uma vergonha para um Deus Santo.

A nossa alegria é bater palmas e nos divertir. E depois estamos falando das novidades do mundo.

Oh, se perder nEle! Ser consumido nEle!

Você se aproxima de tal forma ao coração de Deus, que você compartilha da Sua tristeza por um mundo e por uma Igreja desviada que temos hoje?

Porque, se você vai amadurecer em Deus, todos os anões ao seu redor vão criticar e debochar de você! E dirão “você está tentando ser mais santo do que o resto de nós?”

Você vai descobrir isto: Os homens que foram mais heróicos por Deus foram os homens com maiores vidas devocionais. A única coisa que vai me manter em vitória  continuamente pelo sangue de Cristo é minha devoção pessoal a Ele, o Filho de Deus.

Minha adoração, que eu dou a Ele, meu tributo diário, é mais do que meu serviço. É mais do que dar meu dinheiro que eu o ame e o adore e o magnifique e o tome nos meus braços.

Você sabe porque o mundo está pobre e doente exteriormente? Porque não sabemos realmente como orar, é por isso! Eu disse várias vezes e digo de novo: nenhum homem é maior do que sua vida de oração. Deixe-me viver com um homem por um tempo e compartilhar de sua vida de oração e eu lhe direi o quão grande eu penso que ele é ou quão majestoso eu penso que ele é em Deus.

Vai ser um dia assustador!

Você vê, não há nenhuma possibilidade de ensaio. E não há nenhuma possibilidade de repetição. Porque, mais uma vez, esse é um Julgamento Final.

Eu penso mais uma vez em uma declaração que o Dr. Tozer me fez certa vez. Ele disse “Len, quer saber?…!” Ele disse que dificilmente poremos nossos pés na eternidade e olharemos para a eternidade. Que curvaremos nossas cabeças em vergonha e humilhação dizendo: “Meu Deus, veja todas as riquezas que estavam em Jesus Cristo, e eu venho ao trono de Julgamento quase paupérrimo.”

Mestre, perdoa e inspira-nos novamente. Expulsa nosso mundanismo, ajuda-nos a viver sempre com valores eternos em vista.

Disse aquele grande homem que iniciou aquele avivamento: “Oh, Deus! Grave a eternidade nos meus olhos!”

Sabe, se não conseguimos viver como uma raça de pessoas diferentes nessa terra, não temos o direito de viver aqui. E se voltarmos a ser um povo que é realmente batizado com obediência submisso à vontade total de Deus não preocupados com a opinião humana, não pedindo por mais para gastar prodigamente em nós mesmos mas dizendo: “Ó Deus eu quero essa minha vida ajustada. Para que, quando eu comparecer na tua assustadora presença… como Tiago diz, não sejamos envergonhados com seu aparecimento.”

Fonte: Voltemos Ao Evangelho Este artigo pode ser distribuído e usado livremente, desde que não haja alteração no texto, sejam mantidas as informações de autoria e de tradução e seja exclusivamente para uso gratuito. Preferencialmente, não o copie em seu sítio ou blog, mas coloque lá um link que aponte para o artigo.
Campos de Boaz: colheita do que Cristo, o Boaz celestial, espalhou em Seus campos é um projeto cristão voluntário sob responsabilidade de Francisco Nunes.
Licenciado sob a Licença Creative Commons Atribuição-Uso Não-Comercial-Vedada a Criação de Obras Derivadas 3.0 Brasil License.