1 min leitura

Por você?

O Pai impôs Sua ira devido a, e o Filho submeteu-se à punição por:

  1. Todos os pecados de todos os homens.
  2. Todos os pecados de alguns homens. Ou
  3. Alguns pecados de todos os homens.

Em cada caso, pode ser dito que:

  1. Se a última afirmação é verdadeira, todos os homens têm de responder por alguns pecados, e, por isso, nenhum está salvo.
  2. Se a segunda é verdadeira, então, Cristo, em lugar deles [os alguns] sofreu por todos os pecados de todos os eleitos [os alguns] do mundo todo, e essa é a verdade.
  3. Mas se a primeira é a correta, por que nem todos os homens estão livros da punição devida a seus pecados? Você responde: “Por causa da incredulidade”. Eu lhe pergunto: “A incredulidade é um pecado ou não é? Se é, então, Cristo sofreu a punição devida a ela, ou não a sofreu. Se sofreu, por que ela deve causar problemas a eles mais do que os outros pecados pelos quais Cristo morreu? Se Ele não sofreu [a punição pela incredulidade], Ele não morreu por todos os pecados deles!”

 

(Traduzido por Francisco Nunes. Este artigo pode ser distribuído e usado livremente, desde que não haja alteração no texto, sejam mantidas as informações de autoria e de tradução e seja exclusivamente para uso gratuito. Preferencialmente, não o copie em seu sítio ou blog, mas coloque lá um link que aponte para o artigo.)

Campos de Boaz: colheita do que Cristo, o Boaz celestial, espalhou em Seus campos é um projeto cristão voluntário sob responsabilidade de Francisco Nunes.
Licenciado sob a Licença Creative Commons Atribuição-Uso Não-Comercial-Vedada a Criação de Obras Derivadas 3.0 Brasil License.