Últimas entradas
Robert Murray McCheyne, o homem que não era como os demais

Robert Murray McCheyne, o homem que não era como os demais

Era inverno. Sentados próximo ao fogo, dois pedreiros estavam dedicados a sua tarefa. De repente, um desconhecido aproximou-se deles, desceu do cavalo e, imediatamente, passou a conversar sobre o estado espiritual da alma deles. Servindo-se das vivas chamas da fogueira como ilustração, o jovem desconhecido pregou verdades alarmantes. Com profunda surpresa, os pedreiros exclamaram: “Você...
Capítulo 2: Uma crise entre o que é terreno e o que é celestial

Capítulo 2: Uma crise entre o que é terreno e o que é celestial

Leitura: Nm 13.1-3, 17-23, 27-33; 14.1-3. Estamos considerando o fato e a natureza do caminho celestial. A Bíblia inicia com a criação e o governo dos céus, e termina com a revelação do céu por meio daquilo que ele formou de acordo com princípios celestiais: a cidade santa, a nova Jerusalém, descendo de Deus, do...
Cartas de Samuel Rutherford (3)

Cartas de Samuel Rutherford (3)

Para Robert Cunningham1 De Irvine, Escócia, estando eu a caminho do “Palácio de Cristo” em Aberdeen, 4 de agosto de 1636 Consolo a um irmão em tribulação Graça, misericórdia e paz estejam contigo. Por causa de nossa familiaridade em Cristo, pensei ser bom tomar a oportunidade de escrever a ti. Vendo que pareceu bem ao...
Gotas de orvalho (297)

Gotas de orvalho (297)

Sempre que um homem se permite ter ansiedades, medos ou reclamações, ele deve considerar seu comportamento como uma negação da sabedoria de Deus ou como uma confissão de que está fora da vontade divina. (William Law) Não é para o homem brincar; a vida é breve, e o pecado está aqui. Não temos tempo para...
Cartas de Samuel Rutherford (2)

Cartas de Samuel Rutherford (2)

Para John Kennedy1 Anwoth, Reino Unido, 2 de fevereiro de 1632 Livramento do naufrágio e da morte Eu te saúdo com a graça, a misericórdia e a paz de Deus, nosso Pai, e de nosso Senhor Jesus Cristo. Ouvi com tristeza de teu grande perigo de perecer no mar, porém com alegria sobre teu misericordioso...
Gotas de orvalho (296)

Gotas de orvalho (296)

Devemos aprender a viver no lado celestial e olhar para as coisas do alto. Contemplar todas as coisas como Deus as vê, como Cristo as observa, vence o pecado, desafia Satanás, dissolve as perplexidades, eleva-nos acima das provações, separa-nos do mundo e vence o medo da morte. (A. B. Simpson) A natureza da salvação de...
Capítulo 1: O fato e a natureza do caminho celestial

Capítulo 1: O fato e a natureza do caminho celestial

Todos estes morreram na fé, sem terem recebido as promessas; mas vendo-as de longe, e crendo-as e abraçando-as, confessaram que eram estrangeiros e peregrinos na terra. Porque, os que isto dizem, claramente mostram que buscam uma pátria. E se, na verdade, se lembrassem daquela de onde haviam saído, teriam oportunidade de tornar. Mas agora desejam...
Cartas de Samuel Rutherford (1)

Cartas de Samuel Rutherford (1)

Para Lady Kenmure,1 de Anwoth, 26 de junho de 1630 Os inexplicáveis tratos de Deus com Seu povo são bem ordenados Eu compreendo tuas circunstâncias neste mundo, saborizadas pela adoração ao Filho de Deus e pela comunhão com Ele em Seus sofrimentos. Tu não podes, não deves ter aqui uma condição mais agradável ou mais...
Gotas de orvalho (295)

Gotas de orvalho (295)

Como seguidores de Cristo, nosso sofrimento vem dos homens, enquanto nossa glória vem de Deus. Nosso sofrimento é terrenal, enquanto nossa glória é celestial. Nosso sofrimento é breve, enquanto nossa glória é para sempre. Nosso sofrimento é trivial, enquanto nossa glória é ilimitada. Nosso sofrimento está em nosso corpo mortal e corrompido, enquanto nossa glória...
A vida de Rutherford

A vida de Rutherford

Samuel Rutherford (1600–1661) nasceu perto de Nisbet, Escócia, e pouco se conhece sobre o início de sua vida. Em 1627, ele recebeu o grau de Mestre da Universidade de Edimburgo, onde foi professor de Humanidades. Ele se tornou pastor da igreja em Anwoth em 1627, uma paróquia rural, cujos membros estavam espalhados pelas fazendas nas...
Gotas de orvalho (294)

Gotas de orvalho (294)

O ramo da videira não se preocupa e labuta e corre aqui para buscar a luz do Sol e, ali, para encontrar chuva. Não; repousa na união e na comunhão com a videira; e, na hora certa, e da maneira certa, o fruto certo é encontrado nele. Vamos assim permanecer no Senhor Jesus. (Hudson Taylor)...
Campos de Boaz no Telegram

Campos de Boaz no Telegram

Graça e paz, querido leitor! Para aumentar a divulgação da respiga que fazemos das riquezas insondáveis dos vastos campos de nosso Boaz celestial, criamos um canal no Telegram. Para inscrever-se nele, basta clicar em t.me/camposdeboaz, depois em Entrar no canal, na parte inferior da tela. No canal, replicaremos todas as publicações postadas aqui, além de...