Author Archive
Doze pérolas (2)

Doze pérolas (2)

Três cruzes [E] O crucificaram, e com Ele outros dois, um de cada lado, e Jesus no meio. (Jo 19.18) O ladrão salvo: pecado nele, não sobre ele. O Senhor Jesus: pecado sobre Ele, não Nele . O ladrão não-salvo: pecado nele e sobre ele.
Capítulo 3: Abraão, um grande pioneiro

Capítulo 3: Abraão, um grande pioneiro

Todos estes morreram na fé, sem terem recebido as promessas; mas vendo-as de longe, e crendo-as e abraçando-as, confessaram que eram estrangeiros e peregrinos na terra. Porque, os que isto dizem, claramente mostram que buscam uma pátria. E se, na verdade, se lembrassem daquela de onde haviam saído, teriam oportunidade de tornar. Mas agora desejam...
Cartas de Samuel Rutherford (6)

Cartas de Samuel Rutherford (6)

Para Robert Gordon, de Knockbreck [1] Aberdeen, 9 de fevereiro de 1637 Coisas que a aflição ensina As tentações que eu julgava estarem abatidas e mortas levantam-se novamente e revivem sobre mim; sim, vejo que, enquanto eu viver, as tentações não morrerão. O diabo parece se ufanar e se gabar como se ele agradasse mais...
Gotas de orvalho (301)

Gotas de orvalho (301)

Os mais felizes cristãos são aqueles que têm os mais baixos pensamentos sobre si mesmos e a cujos olhos Jesus é mais glorioso e precioso. (John Newton) ‘O que devo fazer para ser salvo?’ É impossível que uma pergunta mais grave do que essa seja feita! É deplorável que nós não a ouçamos com mais...
Doze pérolas (1)

Doze pérolas (1)

Sete olhares do Senhor em Marcos E, olhando para eles em redor com indignação, condoendo-se da dureza do seu coração, disse ao homem: ‘Estende a tua mão’. E ele a estendeu, e foi-lhe restituída a sua mão, sã como a outra. (3.5) E, olhando em redor para os que estavam assentados junto Dele, disse: ‘Eis...
Cartas de Samuel Rutherford (5)

Cartas de Samuel Rutherford (5)

Para Robert Blair [1] Aberdeen, 7 de fevereiro de 1637 Os por vezes misteriosos arranjos de Deus Não é de se espantar, meu caro irmão, que tu andes ansioso por algum tempo, e que a vontade de Deus (cruzando teu plano e teus desejos de morar entre um povo para quem Deus é o Senhor)...
Gotas de orvalho (300) ― Especial

Gotas de orvalho (300) ― Especial

Damos graças ao Senhor por ter-nos conduzido nesses quase seis anos de publicação semanal da seção Gotas de orvalho. Essas pequenas preciosidades de fiéis servos de Deus servem-nos de alimento, consolo, encorajamento e alerta. E, como tem sido o tema das edições especiais, que elas nos despertem mais e mais para esperar e amar a...
Doze pérolas

Doze pérolas

A pérola é algo único na natureza. É a única “pedra preciosa” de origem animal. Ostras e mexilhões, quando são feridos por um corpo estranho, principalmente grãos de areia, secretam sobre ele uma substância chamada nácar, o que dá origem à pérola. É comum que, ao mencionar pérolas, as imaginemos apenas brancas e perfeitamente redondas....
Comunhão, uma necessidade

Comunhão, uma necessidade

O que impede a comunhão? Quatro coisas, pelo menos. O primeiro obstáculo é a autossuficiência. Não pode haver comunhão enquanto as pessoas não percebem que dependem umas das outras para receberem ajuda espiritual. Uma atitude de autossuficiência espiritual pode refletir o estado de morte espiritual do não-convertido, para quem todas as coisas espirituais parecem irreais;...
Gotas de orvalho (299)

Gotas de orvalho (299)

Se você tentar imitar Cristo, o mundo irá louvá-lo. Se você se tornar como Cristo, ele irá odiá-lo. (Martin Lloyd-Jones) Jesus é o maior, o mais poderoso, o mais santo, o mais puro e o melhor homem que jamais viveu. (Charles Spurgeon) O que preocupa você governa você. (Haddon Robinson) A Bíblia não é livro...
Cartas de Samuel Rutherford (4)

Cartas de Samuel Rutherford (4)

Para John Gordon[1] Aberdeen, 1637 Ganhe a Cristo de qualquer forma Rogo-te, senhor, pela salvação de tua preciosa alma e pelas misericórdias de Deus, que utilizes bem e com certeza tua salvação, e proves sobre que fundamento tens edificado. Digno e caro senhor, se estiveres sobre areia movediça, a tempestade da morte e uma rajada...
Robert Murray McCheyne, o homem que não era como os demais

Robert Murray McCheyne, o homem que não era como os demais

Era inverno. Sentados próximo ao fogo, dois pedreiros estavam dedicados a sua tarefa. De repente, um desconhecido aproximou-se deles, desceu do cavalo e, imediatamente, passou a conversar sobre o estado espiritual da alma deles. Servindo-se das vivas chamas da fogueira como ilustração, o jovem desconhecido pregou verdades alarmantes. Com profunda surpresa, os pedreiros exclamaram: “Você...