Gotas de orvalho (77)

Não há nada mais poderoso que a oração perseverante, como a de Abraão pleiteando por Sodoma; como Jacó lutando no silêncio da noite; como Moisés permanecendo na brecha; como Ana, embriagada de tristeza; como Davi, com o coração quebrantado pelo arrependimento e pela dor; como Jesus suando Continue lendo [...]

Gotas de orvalho (74)

Aquele que não se prepara para a morte é mais do que um tolo qualquer. É um louco. (Charlos H. Spurgeon) Os mandamentos que recebemos de nosso Senhor ou dos apóstolos não podem ser negligenciados nem ignorados por cristãos sérios e comprometidos. Deus nunca ensinou que devíamos ponderar Seus Continue lendo [...]

Gotas de orvalho (73)

A civilização moderna é tão complexa que torna a vida de devoção quase impossível. Cansa-nos multiplicando distrações e nos prostra destruindo a nossa soledade, quando, doutro modo, poderíamos beber da Fonte de água vida e renovar as nossas forças antes de sair para enfrentar de novo Continue lendo [...]

Gotas de orvalho (66)

O pequeno valor que damos a nossa oração torna-se evidente pelo tempo que dedicamos a ela. (E. M. Bounds) Orações frias sempre se congelam antes de alcançar o céu. (Thomas Brooks) O segredo de uma vida pura é ter pensamentos puros. (John Stott) A pobreza e a Continue lendo [...]

Gotas de orvalho (63)

Quando uma águia estiver feliz em uma gaiola de ferro; quando uma ovelha estiver satisfeita na água; quando uma coruja estiver contente no fulgor do meio-dia ou ainda quando um peixe estiver alegre em terra seca, então, e só então, admitirei que o homem não santificado estará feliz no céu. (J. Continue lendo [...]

Gotas de orvalho (57)

Nosso orgulho sente desgosto por nossas falhas, e muitas vezes confundimos esse desgosto com o verdadeiro arrependimento. (François Fenelon) O pecado deve ser ocasião para grande tristeza, quando não há tristeza em pecar. (John Owen) A fé não elimina as dúvidas. Mas a fé sabe para onde Continue lendo [...]
Comunhão com Deus

Comunhão com Deus

Como manter uma comunhão ininterrupta com Deus é a grande pergunta em muitos corações. Pois a nova vida espiritual, dada a nós quando recebemos o Senhor Jesus (Jo 1.12), só pode ser sustentada por comunhão constante com Deus, que é a sua fonte – assim como ocorre na esfera física: precisamos Continue lendo [...]

Deus está satisfeito!

É a santidade de Deus, a justiça de Deus, que exige que uma vida sem pecado seja dada em favor do homem. Há vida no sangue, e aquele sangue tem de ser derramado em favor de mim, pelos meus pecados. Deus requer que o sangue seja apresentado com o fim de satisfazer a Sua própria justiça, e é Ele Continue lendo [...]