Perseverança
Capítulo 8: O significado dos levitas em relação à plenitude celestial

Capítulo 8: O significado dos levitas em relação à plenitude celestial

E ordenaram ao povo, dizendo: Quando virdes a arca da aliança do Senhor, vosso Deus, e que os sacerdotes levitas a levam, partireis vós também do vosso lugar, e a seguireis. (Js 3.3) Em primeiro lugar, vamos tomar este fragmento – “os sacerdotes levitas a levam”, levam a arca –, que é a chave para...
Capítulo 7: Tomando posse da terra celestial

Capítulo 7: Tomando posse da terra celestial

E sucedeu que, estando Josué perto de Jericó, levantou os seus olhos e olhou; e eis que se pôs em pé diante dele um homem que tinha na mão uma espada nua; e chegou-se Josué a Ele, e disse-Lhe: ‘És tu dos nossos, ou dos nossos inimigos?’ E disse ele: ‘Não, mas venho agora como...
Capítulo 6: O caminho para o objetivo final de Deus

Capítulo 6: O caminho para o objetivo final de Deus

Apesar de não lê-lo nesse momento, usaremos o livro de Josué como referência à medida que prosseguirmos. O final do caminho É necessário vislumbrar o objetivo final logo no início da jornada, antes mesmo de considerar o caminho para chegar até lá. Iniciamos por observar que Deus começou com os céus e, então, prosseguiu para...
Capítulo 5: Jordão, uma mudança de posição

Capítulo 5: Jordão, uma mudança de posição

Leitura: Josué 3; 4.1-9. Essas passagens que lemos a respeito da travessia do Jordão são uma perfeita apresentação do que o Senhor está nos falando nessa série de estudos. À medida que lemos, deve ficar bem claro para nós que esse ponto representou um momento muito crítico na história daquele povo: a travessia do Jordão...
Capítulo 4: Moisés

Capítulo 4: Moisés

Leitura: Hebreus 11.24-27, 13, 16. Deus tem um grande desejo: ter aquilo que poderia ser chamado de “um povo desfrutando do Seu melhor”. Enquanto Ele não tiver esse povo, nunca estará plenamente satisfeito. Pode haver aqueles que aceitarão Seu “segundo melhor” – pois Ele certamente permite um segundo melhor –, mas apenas um povo voltado...
Capítulo 3: Abraão, um grande pioneiro

Capítulo 3: Abraão, um grande pioneiro

Todos estes morreram na fé, sem terem recebido as promessas; mas vendo-as de longe, e crendo-as e abraçando-as, confessaram que eram estrangeiros e peregrinos na terra. Porque, os que isto dizem, claramente mostram que buscam uma pátria. E se, na verdade, se lembrassem daquela de onde haviam saído, teriam oportunidade de tornar. Mas agora desejam...
Capítulo 2: Uma crise entre o que é terreno e o que é celestial

Capítulo 2: Uma crise entre o que é terreno e o que é celestial

Leitura: Nm 13.1-3, 17-23, 27-33; 14.1-3. Estamos considerando o fato e a natureza do caminho celestial. A Bíblia inicia com a criação e o governo dos céus, e termina com a revelação do céu por meio daquilo que ele formou de acordo com princípios celestiais: a cidade santa, a nova Jerusalém, descendo de Deus, do...
Capítulo 1: O fato e a natureza do caminho celestial

Capítulo 1: O fato e a natureza do caminho celestial

Todos estes morreram na fé, sem terem recebido as promessas; mas vendo-as de longe, e crendo-as e abraçando-as, confessaram que eram estrangeiros e peregrinos na terra. Porque, os que isto dizem, claramente mostram que buscam uma pátria. E se, na verdade, se lembrassem daquela de onde haviam saído, teriam oportunidade de tornar. Mas agora desejam...
A prática de examinar a si mesmo

A prática de examinar a si mesmo

Termino aqui minhas perguntas. Eu poderia facilmente adicionar mais algumas, mas acredito que já disse o suficiente no início deste volume [Practical Religion [Religião prática] (Londres: Charles Murray, 1900)] para despertar em muitas mentes a auto-indagação e o examinar a si mesmo. Deus é minha testemunha de que não disse nada que não considerasse de...
Não pereça

Não pereça

Entendo que as palavras: “Para que todo aquele que Nele crê não pereça” (Jo 3.16) declaram que todo o que crê no Senhor Jesus Cristo não vai perecer, ainda que esteja pronto a perecer. Seus pecados o levariam à perdição, mas ele nunca se perderá. Sua fé não perecerá, pois esta promessa a cobre: “Para...
Constante prontidão

Constante prontidão

A hora não avisada do retorno de nosso Senhor torna imperativa a constante prontidão. Como um profeta predizendo Seu próprio advento, nosso Senhor dá a Seus discípulos advertências enfáticas e incisivos alertas para a prontidão vigilante (Mt 24; 25). “Vigiai […] para que, vindo de improviso, não vos ache dormindo. E as coisas que vos...