Gotas de Orvalho (35)

Nada fecha a boca, cerra os lábios e amarra a língua como a pobreza de nossa própria experiência espiritual. Não damos testemunho pela simples razão de que não temos testemunho a dar. (John R. W. Stott) Nenhuma de nossas experiências, sob a mão de Deus, é acidental e sem propósito. Continue lendo [...]

Gotas de orvalho (28)

Torne sua vida uma constante comunhão com Deus. O aroma dEle não permanece por muito tempo em uma pessoa que não se demora em Sua presença. (John Piper) Naquilo que é essencial, unidade; naquilo que é duvidoso, liberdade; e em todas as coisas, caridade. (Agostinho) Precisamos suplicar de Continue lendo [...]

Gotas de orvalho (22)

Antes que Ele forneça o abundante suprimento, primeiro devemos ser feitos conscientes de nosso vazio. Antes que Ele nos dê força, devemos sentir nossa fraqueza. Devagar, dolorosamente devagar, vamos aprender essa lição; e mais devagar ainda reconhecer nossa insignificância e tomar o lugar de Continue lendo [...]

Simulação, exagero e predomínio (T. Austin-Sparks)

Da revista A Witness and A Testimony de jan/fev de 1970, pp. 15-18   Intérpretes da Bíblia estão convencidos de que as palavras ostensivamente dirigidas ao “rei de Babilônia” em Isaías 14 têm um contexto mais amplo que só pode ser exaurido se visto como referência a um antigo Continue lendo [...]